Blogagem Coletiva: Coisas Das Quais Me Quero Livrar [Astromim]

de - sexta-feira, setembro 22, 2017


Aqui estou eu, cheia de trabalhos para fazer e coisas para rever, mas estou a estudar? Não. Eu estava na cama hoje de manhã e pensei: "Assim que me levantar, vou tomar o pequeno almoço, lavar os dentes e a cara e vou logo começar a fazer tudo o que tenho a fazer", é o quê Beatriz? Ai essas mentiras... é que mentir às outras pessoas ainda pode ser considerado normal de vez em quando, mas mentir a ti mesma dessa maneira? Tu nunca aprendes pois não?

Bom, resumindo, levantei-me e fiz tudo tal como tinha planeado, mas meti-me a ver vídeos no YouTube enquanto tomava o pequeno almoço e acabei por não fazer nada da faculdade. Agora a minha preguiça decidiu que é uma boa altura para deixar de ser preguiçosa com o blogue e participar de uma vez na blogagem coletiva do Astromim porque já tenho estado a adiar isto há algum tempo e aposto que já quase toda a gente fez.

Este mês recebemos a nossa primeira tarefa: "[01] Desapego". Temos de escrever um post em que indicamos tudo o que não queremos levar para a nossa viagem, todo o tipo de coisas, até sentimentos.

Já sabemos, portanto, que a primeira coisa que vou indicar, tendo em conta as circunstâncias de que falei acima, é a preguiça. Se eu vou viajar para a minha galáxia interior (que é enorme, então vai demorar), preguiça é a última coisa que eu quero ter. Quem sabe se não temos um problema na nossa nave espacial a meio do caminho e temos de a arranjar? E também vamos ter de limpar a nave para podermos viver bem lá! Vamos, ainda, considerar a hipótese de encontrar um planeta onde habitam alienígenas, eu ia querer aprender a língua deles, não posso ser preguiçosa, nem pensar!

Outra das coisas que eu não quero levar é inveja. Já todos tivemos inveja em algum ponto nas nossas vidas, é horrível. Às vezes até nos sentimos mal por invejar alguém, mesmo sabendo que essa pessoa trabalhou imenso para alcançar os seus objetivos, as pessoas conseguem invejar até a força de vontade dos outros. Quero substituir a inveja por admiração, porque ninguém ganha nada ao invejar o próximo, já admirar alguém pode fazer-nos trabalhar mais para conseguirmos o que queremos. 

Mas vamos sair um pouco da área sentimental. Outras coisas que eu quero deixar para trás são tradições conservadoras, regras ou concepções sociais que impedem a felicidade das pessoas e estereótipos de género. O que é que eu quero dizer com isto? Quero dizer que durante a viagem serão criadas novas tradições entre os membros da tripulação, tradições felizes, como festas, e cada um será livre para ser quem quiser sem ter medo de ser julgado. Portanto, quero deixar regras ou concepções sociais idiotas para trás, como: "mulheres ficam em casa e fazem as tarefas domésticas" ou "o homem nasceu para a mulher e a mulher nasceu para o homem".

Quero, ainda, deixar para trás pessoas extremamente superficiais e convencidas. Sabem, aquele tipo de pessoa que acha que sabe tudo ou que só olha para o dinheiro, tudo o que ela faz na vida gira em torno de dinheiro e das coisas que ela compra com ele. Aquela pessoa que foi rica a vida toda e ainda faz pouco de quem é pobre. Sim, esse tipo de pessoa, odeio essas pessoas, não suporto essas pessoas, elas não fazem falta nenhuma e podem ficar para trás.

E vocês? O que é que vocês não querem levar com vocês na vossa viagem?

P.S.: Consegui ficar sem aulas à Sexta em ambos os semestres, das duas uma, ou vou aproveitar para fazer os trabalhos todos e ficar com o fim de semana livre, ou vou aproveitar para relaxar e escrever posts... acho que vai ser mais a segunda.

Também Podes Gostar...

0 comentários